Na peugada de Bond, Skywalker e Jivago com Paradores

Sabia que muitos dos westerns de Clint Eastwood foram gravados no deserto de Tabernas? Ou que Sevilha se tornou num planeta diferente para Star Wars

As paisagens únicas que encontramos de um extremo ao outro de Espanha tornaram-se para muitos diretores em cenários dos seus grandes filmes, e mais de uma localização encontra-se a um passo dos nossos Paradores.

Doutor Jivago, Sória

Em 1965, David Lean tornou Sória numa espécie de Moscovo e Sibéria da época dos czares; as paisagens nevadas e as florestas brancas de um gélido inverno foram gravadas em Sória. O diretor não pôde gravar o filme nas localizações reais devido à proibição do regime político da época na União Soviética sobre o livro de Boris Pasternak naquela altura. Portanto, Lean veio para Espanha à procura de uma paisagem que ficasse semelhante no ecrã.

A estação de comboio de Villar del Campo aparece na longa sequência que segue o protagonista na sua fuga de Moscovo; a encantadora localidade de Candilichera, por seu turno, tornou-se, graças à magia do cinema, no Varynkino dos Montes Urais. 

Hoje, 50 anos depois da estreia do filme, pode percorrer parte do cenário deste filme universal alojando-se no Parador de Soria, muito perto de grande parte das localizações onde foram feitas as filmagens em terras sorianas há décadas atrás. Se for no inverno e tiver a sorte de ver os campos nevados, sentirá quase, quase que está no filme do Doutor Jivago. Sente-se ao lado da chaminé do Parador enquanto relê a obra de Pasternak ao calor da lareira e com as melhores vistas da zona.


Parador Soria

Star Wars, Sevilha

Sevilha é uma das grandes localizações para muitos diretores. A sua luz, as suas ruelas cheias da essência de Andaluzia e a sua arquitetura fazem as delícias dos criadores de sonhos do grande ecrã, que encontram aqui cenários sonhados sem necessidade de ter de os recriar em cartão (ou com imagens digitais, hoje em dia).

O último dos filmes de Star Wars passou por Sevilha em 2002. O Ataque dos Clones, com um Anakin Skywalker em louca descida para o Lado Obscuro, viajou até esta encantadora cidade com a sua amadíssima Amidala, embora no filme a Praça de España sevilhana fosse Naboo graças a uns quantos retoques digitais.

E, além de outros muitos filmes e séries (são demasiados para mencioná-los todos neste artigo), A Guerra dos Tronos também deixou horas de rodagem neste destino único. 

Um dos Paradores com mais história, vistas incríveis e uma arquitetura que o fará viajar no tempo é o Parador de Carmona, a 30 km de Sevilha. Sentir-se-á como um rei (deste ou de outro planeta) neste antigo alcácer árabe que recebe o nome de Don Pedro e que data do século XIV. A paisagem assaltá-lo-á quando se assomar ao seu miradouro e descobrir uma terra cheia de contrastes. Aqui, além disso, a gastronomia leva-o por aromas e sabores que falam de história e cruzamento de culturas.

Parador Carmona

É mais de filmes de ação? Vamos caçar com James Bond em Cádis! O design do antigo Parador de Cádiz, as suas vistas para o oceano e a proximidade da praia de La Caleta foram os motivos principais para que “Morre noutro dia” passasse por ali em 2002 e, como arte de magia, se tornasse em Havana.

O selvagem oeste era Almería

"Por mais alguns dólares" (1964) e "O bom, o mau e o vilão" (1966) são dois dos grandes ícones dos filmes do Oeste, mas não foram gravados nos desertos americanos e sim em Almería. O deserto de Tabernas tornou-se numa autêntica povoação do oeste americano na década dos 60 e 70 do século XX. Esta zona perto de Cabo de Gata-Níjar viu passar estrelas da craveira de Clint Eastwood, John Huston e Orson Welles. Filmes que pertencem à história do cinema com maiúsculas guardarão sempre nos seus fotogramas cenas gravadas neste sítio. Se voltar a ver "Lawrence da Arábia" (1962), "Cleópatra" (1963) ou "Indiana Jones e a grande cruzada" (1989), reconhecerá as paisagens.

Para percorrer a zona cinematográfica, recomendamos-lhe que se aloje no Parador de Mojácar, a um passo dos antigos sítios de rodagem e, se procura um plano completo, muito perto da costa, para poder dar um mergulho no Mediterrâneo. O Parador tem vistas para a costa e piscina de verão, um local perfeito para juntar cinema e relaxamento nas suas férias.

Parador Mojácar